BOOKPartners compra 12 lojas da Editora Revista dos Tribunais

BOOKPartners

Por Flávia Milhassi | Jornal DCI | São Paulo 18/02/2014
A BOOKPartners, empresa especializada no segmento de livros, anuncia a compra das 12 lojas da Editora Revista dos Tribunais (selo editorial da Thomson Reuters). Com essa aquisição, a empresa fortalecerá sua atuação no varejo de distribuição e revenda de livros, processo esse iniciado em 2012 quando houve a compra da operação de varejo eletrônico Cia. dos livros.

Com verba de R$ 15 milhões para investir no varejo este ano e a meta de ter 30 lojas até 2015, a empresa não revelou o montante que envolveu a aquisição. Conforme o presidente do grupo, Carlos Henrique de Carvalho Filho, a ideia é buscar presença forte no setor. “Além das novas lojas vamos ampliar o nosso faturamento de 15% a 20% amais que do que os US$ 40 milhões que fechamos em 2013.” Carvalho Filho afirmou também que com a nova aquisição, a empresa conseguirá atender a uma demanda do público da classe C, que por vezes não encontra uma livraria em um shopping, por exemplo. “Identificamos no mercado que não existe uma operação para esse público. Os concorrentes estão sempre em shoppings voltados para o público A e B. Com a compra da Editora Revista dos Tribunais conseguiremos atender essa demanda”, explicou o executivo, em entrevista ao DCI.

Para isso, a BOOKPartners ampliará os títulos ofertados, ao inserir livros de literatura e afins nas lojas que sofrerão conversão de bandeira (para Cia. dos Livros) após o trâmite da negociação. “Ao ampliar os títulos conseguiremos ampliar também a rentabilidade da loja. Mas isso dependerá de mais estudos para identificar as necessidades dos consumidores nas regiões em que essas lojas estão em operação”, disse Carvalho Filho. As lojas estão divididas entre os estados de Alagoas, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

Medidas

Hoje são quatro pontos de vendas próprios, que somados às operações da Revista dos Tribunais totalizarão 16 lojas. O sócio diretor comercial do grupo, Eduardo Cunha, enfatizou que as novas lojas previstas serão inseridas no setor de franchising, tomando assim mais fácil o crescimento da rede. “Com as novas lojas conseguiremos fazer a sinergia entre o ambiente online e o físico, ampliando as nossas vendas”, explicou o executivo.

Além de ampliar o mix de livros ofertados, as lojas receberão alguns artigos de papelaria, que terão portfólio ampliado em datas sazonais. “No período como o de volta às aulas, nós teremos uma oferta maior de produtos, mas queremos mesmo enfatizar a venda de livros”, disse Cunha.

Outra estratégia da BOOKPartners para tomar a Cia. dos Livros uma concorrente de peso aos demais players do setor é ter espaços reservados para a leitura no local, assim como cafeterias, para atender melhor os consumidores. “Algumas lojas da Revista dos Tribunais são grandes, como uma das operações de rua que tem mais de mil metros quadrados. Lá vamos implementar as cafeterias. Mas estamos estudando isso e em contatos com algumas franquias que atuam nesse segmento”, disse Cunha.

Deixe um comentário


  • *